El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

A Empresa
Eventos
Artigos
Ofertas
Recomendamos
Contato
 
angraecum
Brassia / miltonia / odonto / wilso
Bulbophyllum
cattleya
coelogyne
cyrtopodium / catasetum / lycaste...
dendrobium
diversos
encyclia / prosthechea
epidendrum
hibridos
laelia
livros e publicações
maxillaria
miltonia
oncidium
paphiopedilum / phragmipedium
phalaenopsis
Pleurothallidinae / masdevallia / micros
produtos
rodriguezia
sophronittis
vandaceas
zygopetalum

 
 


 

 

 


Como Cultivar Phalaenopsis


COMO CULTIVAR PHALENOPSIS

 

O nome Phalenopsis deriva do grego phalaina (borboleta noturna) e opsis (semelhança), e foi descrito há dois séculos por C. Blume, na Indonésia. É uma planta muito decorativa, de flores duráveis, de fácil cultivo. Os Phalenopsis são encontrados na Ásia, Filipinas, Nova Guiné e norte da Austrália. Neste habitat o clima é geralmente úmido, quente e com grande aeração, estando as plantas crescendo nas árvores ou até em pedras. Existem aproximadamente 50 espécies naturais e atualmente um número enorme de híbridos está disponível no mercado. Os Phalenopsis não possuem bulbos e sua reserva de água e nutrientes está nas folhas. Seu crescimento é monopodial.

CLIMA – Quente. O clima ideal é o litoral e zonas baixas, onde as temperaturas não descem abaixo de 17 graus Celsius.

UMIDADE – Alta. O ideal é que a umidade se mantenha em torno de 70% durante o dia.

LUMINOSIDADE – Média. Os Phalenopsis necessitam de menos e nunca devem ser expostos diretamente ao sol. Toleram cultivo em apartamentos com boa luminosidade.

CIRCULAÇÃO DE AR – Sempre deve ser permitida uma boa circulação de ar, o que ajuda a prevenir a formação de fungos e bactérias (regra geral para todas as orquídeas).

REGA – Os Phalenopsis desidratam facilmente devido a não possuírem reserva (bulbos). As regas devem ser feitas imediatamente após secagem do substrato, ou seja, a planta deve ficar seca durante o menor temo possível. A cada 10 dias aproximadamente, as plantas devem ser molhadas com água em abundância (o substrato deve ser lavado) para eliminação de toxinas e sais minerais.

ADUBO – A adubação pode ser feita em intervalos de 15 dias e no caso de adubação ser semanal, a dosagem deve ser reduzida pela metade. A adubação deve ser feita preferencialmente no fim da tarde, para que a planta fique úmida por mais tempo durante a noite, quando ocorre a absorção dos nutrientes. Também, é fundamental adubar a parte inferior das folhas, que é por onde ocorre a maior parte da absorção de nutrientes.

PLANTIO – Os phalaenopsis por serem monopodiais crescem continuamente formando folhas alternadas a partir do rizoma. Geralmente o motivo do replantio se dá por envelhecimento do substrato. Rizomas muito compridos podem ser cortados, desde que a parte remanescente possua raízes novas e saudáveis. A parte cortada deve ser desinfetada com fungicida . As plantas podem ser plantadas em vasos de barro ou plástico, que são melhores para esta espécie devido a reterem mais umidade. O vaso deve ser preenchido até a metade ou um pouco mais com cacos de lajota lavados. A planta deve então ser posicionada e o espaço completado com o substrato.

FLORES DEFEITUOSAS – Algumas orquídeas podem produzir flores anormais, com deformações na forma ou distorções na cor. Os motivos podem ser vários. Caso a planta produza flores deformadas em todas as florações, o problemas pode ser genético e neste caso não há solução.

Flores com deformações ocasionais podem ocorrer devido a:

1)      Alta temperatura e baixa umidade no período de brotação

2)      Danos de natureza mecânica ao broto em formação

3)       Danos caudados por produtos químicos (adubo, inseticidas, fungicidas usados inadequadamente).

4)      Anomalia na formação do broto “defeito de fabricação”.

5)      Infecção virótica.

Lembramos que existem anomalias nas flores que são interessantes, como por exemplo as variedade de plantas com cores  fora do padrão, como albas, coeruleas, semi-albas, etc. também são anomalias desejáveis em qualquer coleção.


Carrinho de Compras
Seu Carrinho
Você tem 0 produto em seu carrinho.
Clique aqui para ver
Artigos e Dicas
Como Cultivar Phalaenopsis

Eventos e Cursos


Evento:






Newsletter
Receba nossas promoções
Nome
Email
 
ORQUIDÁRIO DA TRIBO
( 45 ) 3529-6025 sac@orquidariodatribo.com.br

Rodovia das Cataratas - Vila Carimã, nº 5799

Foz do Iguaçu - Paraná
  TR1 - Agência Digital